(Foto: Reprodução)

Querido diário,

É muito louco pensar que já estou saindo da casa do 1 para entrar na casa do 2. Quando era mais nova parecia que os 18 estavam tão longe, não chegavam nunca — para minha tristeza na época — afinal para a Jussara de 13, 14, 15 anos, ser maior de idade significava liberdade. Achava que aos 18 faria  o que eu bem entendesse, aos 20 estaria morando sozinha no meu ap, teria um carro e nesse exato momento estaria me preparando para uma viagem ao exterior (isso se eu já não tivesse ido antes).

Mas a realidade bate, os 20 anos chegam e eu vi que nada do que idealizei aconteceu. Eu ainda continuo morando com meus pais, tenho habilitação mas não tenho carro, nunca fui pra fora do país e nem tenho noção de quando irei. É bem chato ver que meus planos que pareciam infalíveis, não foram nem 1% concluídos com sucesso. Parece frustrante e é, mas, ao mesmo tempo é um processo louco de amadurecimento.

Não sei com quantos anos vou conseguir todas essas coisas, mas, hoje no dia em que eu entro para a casa do dois vejo que vou conseguir todas essas coisas a partir do momento em que começar a correr atrás. Na minha adolescência eu achava que tudo era fácil, simples, que dinheiro nascia em árvore. Não tinha noção que ser adulto é trabalhar duro o mês inteiro para pagar as contas com o que recebeu, decidir o que vai ser prioridade, carro ou faculdade.

A vida adulta trás responsabilidades, obrigações. A real é que a gente pensa que tudo é fácil, tudo é de boas mas só envelhecendo e amadurecendo para saber que não é. Talvez, se e tivesse guardado todas as minhas economias aos 15, hoje aos 20 eu poderia estar fazendo uma viagem legal ou algo que naquela época eu sonhava. Mas eu estava mais interessada em gastar dinheiro com besteira, não estabelecer nenhuma meta e achar que chegar aos 18 tornaria tudo mágico e fácil num estalar de dedos.

Talvez você que está lendo esse texto também foi assim quando era mais nova, ou talvez ainda é assim por ser nova. Talvez não. Amadurecimento é um processo que acontece de diferentes formas, para diferentes pessoas. A dica é, se você é mais nova e iludida como eu era acalme os ânimos, pois, nada vai mudar depois dos 18. Quer dizer, as coisas tendem a ficar pior por causa das responsabilidades. Isso não quer dizer que você tem que parar de sonhar, significa que você tem que parar de só sonhar e começar a correr atrás para um dia realizar.

Se você quer uma viagem , casa, carro ou sei lá o que, corra atrás. Guarde suas economias, sonhe com isso sim, mas realize coisas que irão acrescentar algo em seu sonho. Demorei um pouco parar perceber isso, tive que passar pelos 18 e ver que a vida não é tão fácil quando imaginei para cair em mim. Então se você é uma Jussara de 15 anos e está lendo isso, acorda amiga e corre atrás não deixe o tempo passar, como eu deixei.

Um grande beijo da Jujuba pra vocês, um aniversário abençoado pra mim e até o próximo post.





4 Comentários

  1. Feliz aniversário, sei muito bem o que é isso e olha que estou quase nos 30. Ha se eu tivesse juntado todo aquele dinheiro que vinha fácil antes dos 18, mas a vida é assim, a gente vive e aprende. Beijos
    Charme-se

    ResponderExcluir
  2. Bom, adorei o post, também não consegui quase nada do que planejei, mas é acreditar e viver cada dia da melhor forma, definir objetivos e correr atrás, nada cai do céu :*

    https://a-cacheada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Feliz aniversário, moça! Hahahah tô nessa crise ai até hoje hahah


    somehowme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. meus 20 estão chegando e confesso que me identifiquei... algumas coisas consegui alcançar pela metade já outras não... mas vida que segue xD

    http://hamandapinheiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá galera comentem o que acharam do poste, e não se esqueçam de deixar o link do blog de vocês. Beijos da Jujuba!