(Foto: Reprodução)

— Um, dois, três e tcharam! Pode olhar. — disse Clarice, minha melhor amiga.
Confesso que fiquei encantada quando vi meu reflexo no espelho, sabia que ela faria um ótimo trabalho mas mesmo assim me surpreendi.
— Uau, amiga ficou lindo. — abracei ela bem apertado — Muito obrigada, eu estava precisando disso.
— É eu sei, você e sua teoria de mudar o cabelo quando sofre desilusões amorosas. — debochada começou a fazer caretas e poses, imitando meu jeito de falar  — Mas, não esquece que a mudança tem que vir dai de dentro também. Não é o seu exterior que sofre, mas sim seu interior. Vê se não se acomoda com a mudança esterna, para parecer feliz quando no seu interior as coisas não andam tão bem assim, viu? — concluiu, segurando minha mão daquela forma que apenas as melhores amigas sabem fazer.
— Sim senhora! Minhas mudanças exteriores sempre partem do interior — debochei, o que fez a Clarice cair na gargalhada — O que? Tô falando sério, palhaça.
— Claro que está. Mas enfim, vamos voltar a falar dessa obra de arte aqui, sabe que você consegue ficar linda até de cabelo azul? — falava enquanto mexia nos meus cachos e os via no reflexo do espelho.
— Gostaria de poder não concordar para você não ficar se sentindo a melhor cabeleireira da cidade, mas vou ter que concordar que o cabelo ficou mesmo lindo — amassava os cachos e só conseguia pensar no quanto minha amiga tinha nascido para aquela profissão. Desde que eu conheço a Clarice ela sempre gostou de modelar, esticar, alizar, enrolar, fazer penteados, enfim, com os cabelos e eu sempre era a cobaia, claro. Faz um ano que nos formamos no Ensino Médio, e ela decidiu se aprimorar no que sempre gostou. Já era excelente antes, agora que está fazendo esse curso está cada vez melhor. Fazia muito tempo que eu estava querendo colorir meus cabelos, mas tinha medo ainda mais tendo o cabelo cacheado. Afinal, minhas maiores inspirações de cabelos coloridos tinham eles lisos. — Mas quanto ao linda, não sei se sou tão linda assim. Até porque se fosse o Gui não tinha me trocado por aquela .. deixa pra lá.
— Opa, opa, opa, que deprê é essa dona Alicia? Acabei de falar sobre a importância da mudança interior e pelo jeito já entrou por um ouvido e saiu pelo outro né? — sentou-se ao meu lado e ficou me olhando com cara de brava, ou tentando parecer brava — amiga, ele é um trouxa, quem perdeu foi ele. Você é linda, simpática, amorosa, carinhosa. Gostaria de dizer que aquela lá é ridicula, mas nem pra ser feia ela presta né? Poxa, tinha que ser gata?
— Tô me sentindo tão melhor agora, muito obrigada — retruquei irônica, enquanto ela ria e se desculpava.
— Escuta, não quis te diminuir. Mas você precisa entender que apesar de ela ser uma biscate, ele também tem culpa no cartório Lia. — Lia era como me chamavam, desde ... sempre. Até hoje eu não entendo muito bem o porquê, simplesmente pegou — Ele era comprometido, entende? E sabendo disso não te respeitou, não te deu valor. Então, ergue essa cabeça, aproveita esse cabelo lindo, afinal, ele vai estar ai bem chamativo para que você consiga ir mudando o interior também.
Respirei mundo e concordei com a cabeça, ela estava certa os dois tiveram uma certa culpa, por que eu tenho que ficar me culpando. Fiz tudo que podia para o nosso relacionamento dar certo, ele foi um mal caráter, não eu.


4 Comentários

  1. Olá, adorei o texto. E eu concordo plenamente que a gente tem que entender que nem sempre a culpa é nossa, que outro pode ter uma parcela muito maior de culpa do que a gente . Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  2. Mudar o visual faz muito bem! Em relação a traição, ambos têm culpa, mas, quem era comprometido tem mais culpa ainda! Né? Mas eu fico imaginando cachos lindos e azuis! *.*

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto! Cabeleireiras e manicures as vezes são grandes psicólogas e um velho e bom cuidado com o cabelo um grande "elevador" de auto estima. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ai, que texto maravilhoso! Concordo com tudo.


    somehowme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá galera comentem o que acharam do poste, e não se esqueçam de deixar o link do blog de vocês. Beijos da Jujuba!